Aprenda quais as metas e objetivos educacionais no Brasil

Desde a promulgação de sua Constituição em 1988, o sistema educacional brasileiro sofreu melhorias significativas no atendimento de classe e no desempenho dos estudantes e agora é considerado um dos melhores sistemas da América Latina.

Os princípios estabelecidos nessa constituição agora servem como diretrizes para a educação nacional, segundo as quais a educação é um “direito de todos os cidadãos, o dever do Estado e da família, e deve ser promovido com a colaboração da sociedade, com o objetivo de desenvolver plenamente a pessoa, prepará-la para o exercício da cidadania e permitir que ela funcione “.

Com o apoio do Ministério da Educação, o governo nacional é responsável por legislar sobre as diretrizes e bases da educação nacional, coordenando e desenvolvendo planos de educação federais e fornecendo assistência técnica e financeira aos estados, ao Distrito Federal e os municípios para o desenvolvimento de seus sistemas educacionais e para a assistência prioritária à escolaridade compulsória.

O sistema educacional no Brasil: metas e objetivos

As metas e objetivos gerais do sistema educacional brasileiro estão representados em leis estatutárias específicas. Especificamente, a Lei sobre as Diretrizes e Bases da Educação Nacional, aprovada em 1961 e posteriormente alterada por outras leis, serve como um instrumento que rege as metas e objetivos educacionais, bem como os meios e poderes das ações educativas.

Metas e Objetivos Brasil

De acordo com a Constituição, no que diz respeito ao sistema educacional brasileiro, a legislação que define as metas e objetivos da educação se aplica a todas as escolas, desde que não vá contra a Constituição. De acordo com a Lei das Bases e Diretrizes ainda em vigor, o sistema educacional nacional, concebido nos princípios da liberdade e nos ideais da solidariedade humana, tem como objetivo:

O entendimento dos direitos e responsabilidades individuais, bem como dos cidadãos, do Estado e de outros grupos comunitários.
Respeite a dignidade do ser humano e as liberdades fundamentais.
Fortalecer a unidade nacional e a solidariedade internacional.

O desenvolvimento integral da personalidade humana e sua participação para alcançar o bem comum.Prepare as pessoas e a sociedade para dominar os recursos científicos e tecnológicos, o que lhes permite usar as possibilidades existentes para facilitar o bem-estar comum.

A proteção, difusão e expansão do patrimônio cultural

Condenar qualquer tratamento desigual resultante de uma crença filosófica, política ou religiosa, bem como a classe social ou o preconceito racial. Naturalmente, essas metas e objetivos são aplicados de acordo com o grau de maturidade e idade dos alunos. Como resultado, a legislação atual define objetivos diferentes para diferentes níveis educacionais.

https://plus.google.com/u/0/110194962490578400887/posts/CwqxoN7U7Rf

educação é obrigatória para todas as crianças com idades compreendidas entre os seis e os quatorze anos e é gratuita em todas as instituições públicas, incluindo instituições para adultos, para aqueles que não tiveram acesso à escola na idade apropriada. A Constituição não estabelece expressamente limites de idade, mas determina que “a educação é obrigatória, cujo objetivo é fornecer a estrutura necessária para o desenvolvimento do potencial dos alunos como elemento de auto-satisfação, treinamento para o trabalho e exercício consciente da cidadania “.

A educação intermediária, também conhecida como ensino secundário, também é gratuita em todas as escolas públicas, embora não seja obrigatória. Este nível de educação visa o pleno desenvolvimento dos adolescentes, bem como os elementos que constituem o objetivo do ensino básico e a formação para o emprego, dependendo da escolha / abordagem específica de cada instituição educacional.

Em termos de ensino superior, o sistema atual visa desenvolver as ciências, as artes, a formação de profissionais no campo universitário, pesquisa e especialização. O ensino superior também é gratuito para estudantes em escolas públicas e universidades do Brasil.

O sistema educacional do Brasil: Estrutura

Metas e Objetivos Brasil

O sistema educacional no Brasil é dividido em 5 níveis ou etapas diferentes: educação pré-primária ou pré-primária, educação primária, ensino secundário, ensino secundário superior e ensino superior ou superior do mg. Destes cinco níveis, apenas o ensino primário e o ensino secundário são obrigatórios.

Educação pré-escolar

A educação pré-escolar no Brasil, conhecida localmente como Educação Infantil, é totalmente opcional. O sistema oferece aos pais duas opções: creche materna ou pública para crianças de 2 a 5 anos, e Jardim, para crianças de três a seis anos de idade.

A única diferença fundamental entre Maternal e Jardim é que o primeiro é basicamente um grupo de jogo, onde as crianças aprendem a socializar coletivamente em um ambiente muito informal. Jardim, por outro lado, tem um foco mais acadêmico para crianças pequenas.

Para determinar a melhor opção para um pré-escolar, as escolas brasileiras se reúnem com os pais e a criança antes da inscrição e, dependendo das habilidades acadêmicas e sociais da criança, a escola aconselha os pais onde eles acreditam na criança A criança terá mais sucesso.

Comments are closed.